Categoria:Lançamentos

A Lenda de Drizzt Vol. 8 — Noite Sem Estrelas e ordem de leitura

A Lenda de Drizzt volta à programação normal! Quando a Jambô começou a lançar os livros do elfo negro mais querido da fantasia, decidiu começar pelos títulos inéditos no Brasil. Mas a Trilogia do Vale do Vento Gélido foi tão pedida, que após o lançamento do Vol. 7 — Legado, voltamos um pouco no tempo para atender aos pedidos. Agora, com todos os livros do 1 ao 6 devidamente lançados, retomamos os títulos inéditos da série de R.A. Salvatore com o lançamento de A Lenda de Drizzt Vol. 8 — Noite Sem Estrelas.

A Lenda de Drizzt Vol. 8 — Noite Sem Estrelas

A tradução do volume mais uma vez ficou a cargo de Carine Ribeiro. Este volume é o segundo da Tetralogia do Legado do Drow, começada com o Vol. 7.  Em Noite Sem Estrelas, Drizzt decide retornar para o mundo obscuro de onde saiu para tentar impedir um novo ataque do seu povo, os cruéis drows, ao Salão Mitral, que havia recuperado com seus amigos, o bárbaro Wulfgar, o anão Regis, a humana Cattibrie, e o anão Bruenor na Trilogia do Vale do Vento Gélido. Acompanhe o reencontro de Drizzt com suas nefastas raízes e a importante lição de vida aprendida nesta difícil missão.

Mais uma vez, a tradução ficou a cargo de Carine Ribeiro.

Quero começar a ler A Lenda de Drizzt! Por onde começo?

A resposta óbvia seria “pelo começo”, mas a verdade é que todos os arcos narrativos de A Lenda de Drizzt podem ser lidos de forma independente. Assim como Star Wars, a série “começou pelo meio”, com a Trilogia do Vale do Vento Gélido. Em seguida, Salvatore escreveu a Trilogia do Elfo Negro para contar a origem de Drizzt, personagem que veio a se tornar o mais popular da série (e talvez de todo o universo de D&D), e depois disso, os livros seguintes são posteriores às histórias do Vale do Vento Gélido, com o drow na posição de protagonista.

Se quiser seguir a ordem da cronologia da narrativa, o melhor é começar pelo livro 1, Pátria, e seguir a numeração dos volumes a partir daí. Caso você prefira seguir a leitura pela cronologia em que os romances foram escritos, o primeiro livro da série foi o livro 4, O Fragmento de Cristal.

Por outro lado, em termos de estrutura de história, Pátria, O Fragmento de Cristal e Legado são começos. Caso você seja daquelas pessoas que preferem comprar trilogias completas, a Trilogia do Elfo Negro (volumes 1, 2 e 3) e a Trilogia do Vale do Vento Gélido (volumes 4, 5 e 6) já estão concluídas.

Ordem de leitura de A Lenda de Drizzt

Trilogia do Elfo Negro

Vol. 1 — Pátria

Vol. 2 — Exílio

Vol. 3 — Refúgio

Trilogia do Vale do Vento Gélido

Vol. 4 — O Fragmento de Cristal

Vol. 5 — Rios de Prata

Vol. 6 — A Joia do Halfling

Tetralogia do Legado do Drow

Vol. 7 — Legado

Vol. 8 — Noite Sem Estrelas

Vol. 9 — Cerco da Trevas (em tradução)

Vol. 10 — Caminho para o Alvorecer (previsto para o 1º semestre de 2023)

Escama de Dragão, um lançamento do Selo Odisseias

Algumas novidades se revelam feras indomáveis, e esse é com certeza o caso do romance de estreia de Cristiana Sbardella, lançado na Bienal do Livro de São Paulo deste ano: Escama de Dragão!

Em Escama de Dragão, Cristiana abraça suas referências de fantasia para criar o mundo de Nerlian, uma terra onde a magia está presente no dia a dia das pessoas. Em Nerlian, raças mágicas convivem com humanos e nunca faltam intrigas políticas em seus reinos! Com uma construção de universo minunciosa, a autora coloca seus protagonistas em uma jornada em que maravilhas e perigos andam lado a lado. Cristiana também trabalhou nas ilustrações internas do livro, e a belíssima capa é obra de Filipe Siqueira!

Reinos de Nerlian já está disponível no site da Jambô.

A apenas uma escama de dragão de grandes poderes

Irmã mais nova de quatro grandes feiticeiras, Minea foge de casa em busca de uma escama de dragão negro, último ingrediente necessário para completar um amuleto que lhe dará os poderes que sempre desejou. O destino fez com que seu caminho cruzasse com o de Dorak, um dragão negro em sua própria busca por poder. Conseguirá a jovem guiar seu inusitado companheiro pelos perigos de Nerlian até o Fim do Horizonte em troca da escama que a separa de seus objetivos? Reinos de Nerlian — Escama de Dragão é o romance de estreia de Cristiana Sbardella, e o primeiro volume de uma série de aventuras por um mundo repleto de intrigas políticas, dragões poderosos e grandes perigos. Acompanhe Minea e Dorak em uma jornada em busca de poder e um lugar no mundo.

Reinos de Nerlian, por Cristiana Sbardella

Cristiana Sbardella é escritora e ilustradora, formada em Artes Plásticas pela Universidade São Judas Tadeu. Começou a escrever ainda pequena, em uma velha máquina que ficava encostada num quartinho dos fundos da casa. Passou boa parte da infância dando vida a personagens, não apenas em seus textos, mas também nas ilustrações e bonequinhos que fazia para brincar com seu irmão mais novo. Anos mais tarde, em paralelo ao trabalho como arte-finalista, deu início à escrita de seu primeiro romance: Nerlian. Um projeto que amadureceu com a autora ao longo dos anos, resultando em uma obra repleta com suas influências.


Reinos de Nerlian pode ser encontrado aqui.

Fighting Fantasy — O retorno de dois clássicos repaginados e mais!

fighting fantasy

Aqui na Jambô a gente sabe que os livros-jogos da linha Fighting Fantasy, de Steve Jackson e Ian Livingstone (ou Aventuras Fantásticas nos anos 90) tem fãs bem apaixonados. Por isso mesmo, sempre que temos alguma novidade sobre a série, ficamos super empolgados pra compartilhar com vocês!

Dessa vez, temos dois grandes relançamentos: FF06 — A Cripta do Feiticeiro e FF04 — Criatura Selvagem ganharam novas revisões, capas novas e agora tem o mesmo projeto gráfico do resto da linha, pra deixar qualquer colecionador feliz ao ver as lombadas todas combinando na estante.

Fighting Fantasy 06 — A Cripta do Feiticeiro

Neste volume, o herói-leitor precisa vencer o terrível feiticeiro do título, Razaak! É considerado por muitos como um dos FFs mais difíceis já lançados, sendo até mesmo apelidado de “o Dark Souls dos FF” pelos fãs. A primeira edição deste título pela Jambô foi lançada em outubro de 2010 e uma reimpressão era bastante pedida pelo público.

Quebrando a tradição de retratar Razaak na capa, essa edição conta com uma belíssima arte do Henrique DLD retratando um dos terríveis monstros que podem fazer sua aventura acabar aqui.

Você encontra A Cripta do Feiticeiro na loja da Jambô.

criatura selvagem

Fighting Fantasy 04 — Criatura Selvagem

Esse foi um título interessante de trabalhar. Em Criatura Selvagem, o leitor-herói assume o papel da criatura do título, dominada por instinto e incapaz de entender linguagem humana. Por causa disso, durante uma boa parte do livro as falas de outros personagens são escritas em códigos. E todos eles tiveram que ser decifrados e recodificados na hora da nova revisão, um trabalhão hercúleo desempenhado com cuidado e maestria por Hermann Schweitzer.

Criatura Selvagem está neste exato momento na gráfica e deve estar a venda até o final de junho e na Bienal do Livro de São Paulo! A nova arte da capa foi feita pelo incrível Samuel Marcelino.

criatura selvagem

A Cripta do Vampiro e o futuro da linha…

Os fãs de Fighting Fantasy ainda podem esperar por mais novidades da linha em 2022! Neste momento estamos trabalhando em A Cripta do Vampiro, um dos clássicos da série ainda nos anos 90, com uma nova tradução e projeto gráfico da Jambô! Além disso, três outros títulos inéditos estão sendo traduzidos neste exato momento, todos programados para serem lançados ainda neste ano.

No que depender da gente, em 2022 não vão faltar aventuras! 😀

A Lenda de Zagor — O destino do maior vilão dos FF

Em 1982, Ian Livingstone e Steve Jackson lançaram The Warlock of Firetop Mountain, ou como conhecemos em português, O Feiticeiro da Montanha de Fogo, que viria a se tornar o primeiro e mais conhecido volume da série de livros-jogos Fighting Fantasy (também chamada de Aventuras Fantásticas por aventureiros mais experientes). O título se tornou um sucesso absouto ao colocar o leitor-jogador no papel de um herói que explora uma masmorra na Montanha de Fogo do título e enfrenta o grande feiticeiro Zagor, o maior de todos os vilões da linha! O sucesso foi tanto e o impacto de Zagor tamanho, que esse foi um dos poucos livros da franquia a ganhar continuações, assim mesmo, no plural: Retorno à Montanha de Fogo e a conclusão da trilogia, até então inédita no Brasil, A Lenda de Zagor!

Neste livro, somos apresentados a um lugar novo, Amarillia, mundo de magia e perigos para onde Zagor foi enviado no final do livro anterior. Aqui o jogador escolhe um herói amarilliano e parte numa missão para dar cabo de vez no feiticeiro, agora fundido magicamente com um poderoso demônio local, enquanto explora o grande Castelo Argênteo, outrora sede do poder daquele mundo, agora um mausoléu recheado de monstros terríveis e perigos ocultos. A grande novidade aqui, porém, é mecânica: em A Lenda de Zagor, o jogador tem quatro opções de personagens para usar na missão: Anvar, o bárbaro; Braxus, o guerreiro; Restolho, o anão; e Sallazar, o feiticeiro. Cada um deles tem seus próprios pontos fortes e fracos, criando diversos caminhos diferentes para chegar até o final da aventura e apresentar o temível Zagor ao seu destino final.

Sabemos que esse lançamento demorou um pouco. Queríamos ter certeza de que o material estivesse redondinho antes de ser enviado para a gráfica, afinal, vocês e o grande Zagor merecem! Com todas as regras únicas e a quantidade de quebra-cabeças contidos no texto, foi um projeto que pediu um pouco mais de cuidado do que o Fighting Fantasy normal para ser concluído (e também tivemos que sacrificar um pobre livro em inglês para os deuses dos processos editoriais). Mais uma vez, a tradução do título ficou por minha conta, e a belíssima capa é obra do grande Samuel Marcelino!

Você encontra A Lenda de Zagor aqui, e vai até até aqueles que compraram na pré-venda a partir deste mês, março de 2022. Espero que gostem!

A Caçadora Púrpura, um lançamento do Selo Odisseias

a caçadora púrpura

A Bienal do Livro de São Paulo deste ano foi um evento de muitas novidades, e uma delas foi o romance Caçadora Púrpura, que nosso novo autor, Felipe Pan, lança pelo Selo Odisseias, nosso selo voltado para novos talentos da escrita.

Em A Caçadora Púrpura, Felipe mistura elementos de ficção científica e distopia para fazer comentários sobre a política nacional, espiritualidade, tecnologia, meio-ambiente, desenvolvimento e autoritarismo. O mundo construído abraça elementos de Tron, de animes como Shaman King e Evangelion e de clássicos da literatura pulp. Tudo isso junto dá vida a um universo que se não fossem os colossos gigantes e mandos e desmandos da Database, poderia facilmente ser o nosso. Logo abaixo, você confere a belíssima capa por Kell Lyn!

A Caçadora Púrpura já está disponível no site da Jambô.

A caça ao éter, uma missão reservada apenas aos mais habilidosos

Elly e Quill sonham em fazer parte da Guilda de Exploradores, habilidosos aventureiros que caçam cristais de éter, a base energética de Veracrucis. Em um mundo de monstros autômatos e intrigas políticas, os amigos se arriscam em busca por entender seu verdadeiro papel em tempos onde inteligências sintéticas e líderes demagogos tentam, à todo custo, moldar o futuro de todos.

A Caçadora Púrpura, por Felipe Pan

Nascido sob as brumas de São Bernardo do Campo, Felipe Pan é romancista e escritor de histórias em quadrinhos. Escreveu e co-criou a série Triskele (Scout Comics, 2022), ilustrada pelo artista Monaramis, e a HQ Gioconda (Editora Nemo), ilustrada por Olavo Costa, vencedora do edital do ProAC de São Paulo para histórias em quadrinhos e finalista do CCXP Awards na categoria Roteiro de Quadrinho. Em dias comuns, passa a maior parte do tempo tentando equilibrar seu trabalho como professor de língua inglesa, a criação dos filhos junto à esposa e sua paixão por escrever e ler romances e HQs (isto é, quando sua gata marota o deixa respirar um pouco).


A Caçadora Púrpura pode ser encontrado aqui.

A Andarilha do Bosque de Lírios, um lançamento do Selo Odisseias

a andarilha do bosque de lírios

O Selo Odisseias ainda guarda novidades para 2021: A Andarilha do Bosque de Lírios, romance de estreia de Taís Turaça Arantes, está previsto para dezembro! Com um currículo acadêmico digno de nota, Taís tem se aventurado pela literatura fantástica em contos, como Próximo, da antologia Curtos & Fantásticos Vol. 1, e também faz resenhas literárias para o blog da Jambô, do qual ela faz parte da equipe fixa.

Em A Andarilha do Bosque de Lírios, Taís usa a fantasia como ferramenta para comentar a dor da perda e como superá-la a partir do olhar de Laura, uma mãe cujo filho é paciente terminal de câncer, e que é arrastada para um mundo mágico com uma missão pela qual nunca pediu. Logo abaixo, vocês podem conferir a delicada capa criada por Gialui Design!

a andarilha do bosque de lírios

Diante dos piores momentos, o difícil é não se perder

Enquanto acompanhava seu filho no tratamento de câncer, a bióloga Laura se vê transportada para um mundo fantástico. Dividida entre o maravilhamento com a magia que acabou de descobrir e a angústia de estar longe do filho, ela parte em uma missão que não compreende totalmente para que possa se reencontrar em meio à tragédia e voltar para seu filho.

Taís Turaça Arantes, a autora de A Andarillha do Bosque de Lírios

Taís Turaça Arantes nasceu em 1991, em Mato Grosso do Sul, e sempre foi apaixonada pelo conhecimento. Graduou-se em Pedagogia, Letras e Recursos Humanos, atualmente cursando Doutorado em Psicologia Social na UERJ e Ciência da Literatura na UFRJ, no Rio de Janeiro. Autora de uma gama de artigos científicos, agora busca se aventurar na escrita de fantasia, com obras como o conto Próximo, na antologia Curtos & Fantásticos, da Jambô Editora, e O Cadáver, na revista Revell publicada pela UEMS. Amante de literatura, música, cinema, histórias em quadrinhos, entre outras manifestações artísticas, acredita que a arte é a única coisa que pode salvar o ser humano do seu fatídico destino.


A Andarilha do Bosque de Lírios está previsto para dezembro de 2021!

Crônicas da Tormenta Volume 3 — Leia trechos de todos os contos da antologia

Crônicas da Tormenta volume 3

Crônicas da Tormenta Volume 3 é o primeiro lançamento de literatura dentro do universo de Tormenta depois do recordista T20. O livro, que já tá em pré-venda aqui na nossa loja, reúne 19 escritores, entre veteranos e novatos, pra contar histórias que se passam em Arton. Este também é um lançamento bastante especial por ter marcado a primeira vez que novos autores escrevem histórias para Tormenta a partir de um concurso, fazendo assim com que seis nomes façam suas primeiras participações em um material oficial.

capa de crônicas da tormenta volume3

Crônicas da Tormenta Volume 3: Quem volta…

Como um material oficial de literatura passado em Arton, é claro que o Crônicas 3 traz histórias de diversos nomes conhecidos. Quatro dos criadores do cenário, Guilherme Dei Svaldi, J.M. Trevisan, Leonel Caldela e Marcelo Cassaro aparecem nas páginas do livro com histórias sobre a Guerra Artoniana, Tapista pós-A Deusa no Labirinto e até mesmo uma narrativa inédita sobre eventos ancestrais a cerca de um infame (e querido pelos leitores) clérigo da guerra. E falando em A Deusa no Labirinto, Karen Soarele também está de volta com um conto inédito! Outros escritores conhecidos do público, seja por participarem dos Crônicas 1 e 2, lançado livros-jogos dentro do universo ou por estar todos os meses na Dragão Brasil têm histórias inéditas: Ana Cristina Rodrigues, Bruno Schlatter, Davide Di Benedetto, Leonel Domingos, Lucas Borne, Marlon Teske e Remo Disconzi reforçam o time de veteranos neste lançamento.

E quem chega

Como dito antes, seis dos autores de Crônicas da Tormenta Volume 3 foram escolhidos por um concurso aberto a todos que quisessem colaborar com o cenário. E foi assim que Carlos Alberto Xavier Gonçalves, Emerson Xavier, Francine Cândido, J.V. Teixeira, João Victor Lessa e Marcela Alban dão seus primeiros passos em Arton com histórias que trazem novas visões sobre este universo. Além deles, eu, Vinicius Mendes, fui organizador do livro e também faço minha estreia escrevendo ficção em Tormenta!

Ficou curioso pra saber como está o livro? Logo abaixo você encontra uma série de imagens por Ana Carolina Gonçalves com trechos de cada um dos contos de Crônicas da Tormenta Volume 3, que você encontra em pré-venda por aqui!

 

A Joia do Halfling e a ordem de leitura de Drizzt

a joia do halfling

Vocês pediram. Vocês cobraram. Vocês fizeram vaquinha e pagaram um carro de som para ficar na frente da editora cantando uma paródia da música tema de Carmen Sandiego que dizia “onde está a Joia do Halfling“. E agora é oficial: o sexto livro de A Lenda de Drizzt está na gráfica e em pré-venda. Como diria a futura mamãe do Tormentino Soarele dei Svaldi Jambaby Minofada Bebê Tormenta, “Êêêêêêêêêê!

A Joia do Halfling é final da Trilogia do Vale do Vento Gélido, o primeiro arco de histórias escrito por R. A. Salvatore sobre o drow mais famoso de toda a literatura de fantasia no mundo. Ou quase isso, porque na verdade, Drizzt Do’urden surgiu como um personagem secundário. Mas acabou conquistou os leitores de tal forma que acabou se tornando o protagonista da linha, ganhando depois uma história de origem, a Trilogia do Elfo Negro, e dezenas de livros com suas aventuras por Forgotten Realms.

Capa de A Joia do Halfling

Por que A Lenda de Drizzt Volume 7 foi lançada antes do Volume 6

Nós sempre tivemos o plano de lançar tudo o que pudermos de A Lenda de Drizzt, mas nossa intenção inicial era começar pelos títulos inéditos no Brasil. A mais clássica das trilogias da série, que inclui O Fragmento de Cristal, Rios de Prata e A Joia do Halfling já havia sido lançada antes por outra editora e com outra tradução, então decidimos começar pelos títulos que o leitor daqui nunca tinha consegui encontrar.

Mas clássicos são clássicos, né? Muita gente queria reler a Trilogia do Vale do Vento Gélido, e tantos outros queriam começar a sua jornada literária por Forgoten Realms por suas histórias mais famosas, então logo após o lançamento do Volume 7 — Legado, ouvimos os fãs da linha e convocamos Carine Ribeiro para traduzir os títulos. E não se preocupem, ela já está traduzindo o Volume 8!

Quero começar a ler A Lenda de Drizzt! Por onde começo?

A resposta óbvia seria “pelo começo”, mas a verdade é que todos os arcos narrativos de A Lenda de Drizzt podem ser lidos de forma independente. Se quiser seguir a ordem da cronologia da narrativa, o melhor é começar pelo livro 1, Pátria, e seguir a numeração dos volumes a partir daí. Por outro lado, em termos de estrutura de história, Pátria, O Fragmento de Cristal e Legado são começos. Caso você seja daquelas pessoas que preferem comprar trilogias completas, a Trilogia do Elfo Negro (volumes 1, 2 e 3) e a Trilogia do Vale do Vento Gélido (volumes 4, 5 e 6) já estão concluídas.

Ordem de leitura de A Lenda de Drizzt

Trilogia do Elfo Negro

Vol. 1 — Pátria

Vol. 2 — Exílio

Vol. 3 — Refúgio

Trilogia do Vale do Vento Gélido

Vol. 4 — O Fragmento de Cristal

Vol. 5 — Rios de Prata

Vol. 6 — A Joia do Halfling

Tetralogia do Legado do Drow

Vol. 7 — Legado

Vol. 8 — Starless Night (em processo de tradução)

Tempo dos Gêmeos: o primeiro volume da trilogia Lendas de Dragonlance

Tempo dos Gêmeos

Quem acompanhou o Jambôverso que eu participei com a Ana Cristina Rodriges e o Gilvan Gouvêa, já tá sabendo: lançamos Lendas de Dragonlance Volume 1: Tempo dos Gêmeos, de Tracy Hickman e Margaret Weis! O livro é o primeiro de uma trilogia da série de Dragonlance, mais focada nos gêmeos Caramon e Raistlin Majere. Caramon é um guerreiro de bom coração que dedicou boa parte da vida a proteger o irmão que sempre foi mais fisicamente frágil, Raistlin, um poderoso e ambicioso mago disposto a fazer o que for necessário para conseguir o que quer. No meio disso, pra alegria do Gilvan ainda temos mais aparições do kender Tasslehoff Burrfoot, facilmente o personagem mais engraçado da saga. E pra minha alegria, mais Kitiara, a maligna meia-irmã dos gêmeos.

Tempo dos Gêmeos, o começo de outra trilogia

Com o lançamento desse volume, os fãs dos Companheiros da Lança já podem esperar a chegada dos demais títulos da trilogia Lendas de Dragonlance no site da Jambô em um futuro bem próximo. Inclusive, a Ana Cristina já está trabalhando na tradução de Guerra dos Gêmeos, o segundo título desse arco. Dessa forma, esperamos muito em breve lançar os três livros para que os fãs da série finalmente possam ler o final dessa aventura.

tempo dos gêmeos

Outras novidades de D&D

Mas a gente também sabe que nem só de Dragonlance vive o fã de fantasia, então vou aproveitar que já estou falando de um romance de Dungeons & Dragons e dar a notícia de que A Lenda de Drizzt Volume 6: A Joia do Halfling deve ir para a gráfica muito em breve. Além disso, já começamos a tradução do livro 8 da série, retomando o arco de história Legado do Drow, adiado a pedidos dos fãs da saga que queriam ler ou reler A Trilogia do Vale do Vento Gélido. Achou confuso? A gente explica tudo aqui.

Estamos trabalhando para que muito em breve vocês já possam se reencontrar com Caramon, Raistlin, Tas, Tika e os demais. E para logo depois, já termos a conclusão da saga do Vale do Vento Gélido de Drizzt. Em outras palavras, queremos que 2021 seja um ano realmente bom para os fãs de romances de D&D!

FF 01 — O Feiticeiro da Montanha de Fogo ganha reimpressão

o feiticeiro da montanha de fogo

Como prometido no post sobre FF 23 — O Talismã da Morte, em 2021 teremos várias reimpressões da linha Fighting Fantasy (conhecido por alguns dos aventureiros mais experientes como Aventuras Fantásticas). E os amantes dos livro-jogos vão ficar felizes em saber que o Fighting Fantasy 01, O Feiticeiro da Montanha de Fogo, já está de volta a nossa loja!

A edição passou por uma nova revisão e por uma leve atualização no projeto gráfico. Desse jeito, ficando mais de acordo com os lançamentos mais recentes da linha. Neste volume, você assume o papel de um aventureiro em busca do tesouro do poderoso feiticeiro do título.

capa do livro O Feiticeiro da Montanha de Fogo

Além de um título querido, a conclusão de uma saga

O Feiticeiro da Montanha de Fogo é um dos títulos mais conhecidos da série, tanto no exterior, onde já vendeu mais de 2 milhões de cópias, quanto no Brasil, com a versão da Jambô estar passando por sua terceira reimpressão. Também é um dos volumes mais pedidos pelos fãs e colecionadores nas nossas redes sociais e no nosso SAC.

Eu nunca canso de falar o quanto é bom poder trabalhar com uma obra que reúne um público tão apaixonado! E tem outra coisa que também me deixa muito empolgado com esse relançamento: ele é primeiro passo para que possamos finalmente lançar toda a trilogia que gira ao redor do feiticeiro Zagor no Brasil! Além de estarmos trabalhando na reimpressão de Retorno à Montanha de Fogo, já revisado e aguardando diagramação para ser reimpresso, vamos lançar A Lenda de Zagor, o terceiro volume inédito em português, que eu já estou traduzindo!

Um 2021 cheio de aventuras!

Com isso, chegamos um pouco mais perto de cumprir nossa promessa de encher vocês de livros-jogos em 2021! Os títulos Criatura Selvagem e A Cripta do Feiticeiro também estão sendo revisados para ganhar novas impressões, nesse caso com toda uma repaginação do projeto gráfico. Além disso, o primeiro volume de Lobo Solitário já está sendo traduzido por Gilvan Gouveia, que também trabalhou na trilogia original de Dragonlance lançada pela Jambô.

E então? Já estão preparados para completar as coleções e morrer muito viver grandes aventuras no FF01?

Quer nova aventuras de livros-jogos? Pegue O Talismã da Morte e vá para FF 23!

livros-jogos

Se tem algo que eu tive várias chances de ver com meus próprios olhos ao longo deste um ano e alguns meses na Jambô, é o grande amor que o público de livros-jogos tem pela linha. Seja vendendo as edições nos eventos presenciais antes da pandemia ou acompanhando as mensagens enviadas pra gente pelas redes, sempre tem alguém querendo saber qual o próximo título, procurando uma edição já lançada ou uma nova versão de quanto a série ainda era publicada como Aventuras Fantásticas, tanto para completar a coleção quanto para iniciar os filhos no mundo das nerdices.

A Jambô se apodera do Fighting Fantasy 23: Talismã da Morte

Depois de ter traduzido um dos títulos da linha Fighting Fantasy, O Porto do Perigo, e a obra de Jonathan Green inspirada no clássico de Lewis Carroll, Alice no País dos Pesadelos, comecei a trabalhar nos próximos livros-jogos para lançar em 2020. Dessa vez, fomos atrás da uma versão física de um dos volumes mais antigos. E foi assim que Talisman of Death caiu em nossas mãos.

Não se assustem o estado do livro. Esse esquartejamento foi necessário para que o Matheus Tietbohl digitalizasse todas as ilustrações originais, que vão estar na edição traduzida que vai chegar até vocês. E vão separando os os dados e se preparando psicologicamente para sua aventura acabar aqui, porque o material está passando pela revisão final por João Paulo Simões Vilas Boas e irá para a gráfica ainda em março! A arte da capa ficou por conta de Henrique DLD, e também fazem parte do projeto gráfico Dan Ramos e Ana Carolina Gonçalves, responsáveis pelo lettering do lançamento, que vai estar disponível aqui no site com o nome O Talismã da Morte, já em pré-venda! Abaixo, vocês podem dar a primeira olhada na capa.

E sobre o que é esse tal Talismã da Morte?

Neste volume, você assume o papel de uma pessoa comum que é transportada pelos deuses para o mundo mágico de Orbe, onde ganha habilidades de herói e a missão de recuperar o Talismã da Morte antes que os servos da Morte se apropriem dele e destruam toda a vida. E não, isso não é spoiler, é literalmente o primeiro parágrafo da história do livro.

Mas esse não é o único lançamento planejado de Fighting Fantasy para 2021. Como uma imagem fala mais do que mil palavras…

FF 24 — A Lenda de Zagor sai ainda em 2021!

Legal! Mas e quem queria reimpressão de livros-jogos anteriores?

Planejamos quatro reimpressões para 2021, e os arquivos também já estão com o João Paulo Simões Vilas Boas para ganharem uma nova revisão. O primeiro da fila será Fighting Fantasy 01: O Feiticeiro da Montanha de Fogo, seguido de Retorno à Montanha de Fogo, A Cripta do Feiticeiro e Criatura Selvagem respectivamente, com os dois últimos ganhando um novo projeto gráfico.

Gosto de Fighting Fantasy, mas queria tentar livros-jogos diferentes. Vai ter?

Sim! Além da série Fighting Fantasy, vamos expandir nossa linha de livros jogos com novos títulos. A série Lobo Solitário, criada por Joe Dever, que chegou aqui no Brasil originalmente nos anos 90, vai ganhar uma nova tradução pela Jambô. E o primeiro volume vai ser lançado ainda em 2021! Também estamos trabalhando em outro dos livros-jogos de Jonathan Green inspirados em um clássico da literatura infantil.

Como podem ver, estamos com trabalhando com toda a ENERGIA e HABILIDADE pra que os fãs de livros-jogos possam morrer bastante de forma trágica quando os dados não colaborarem viver um monte de aventuras em 2021. E todos nós estamos muito ansiosos pra esse material ficar pronto logo e chegar até cada um de vocês.

FF 23 — O Talismã da Morte já está em pré-venda no site da Jambô.

Almanaque Dragão Brasil — últimos dias!

Pela primeira vez em mais de uma década, a Dragão Brasil receberá uma versão impressa!

Está chegando ao fim mais uma das iniciativas de 2020 da Jambô: o Almanaque Dragão Brasil.

Uma versão especial da revista, que será impressa em papel de alta qualidade e totalmente colorida. Inicialmente, o Almanaque terá 96 páginas — mas esse número pode aumentar! Como se trata de um modelo dentro da plataforma de financiamento APOIA.SE, Quanto mais pessoas participarem, maior e melhor ficará o Almanaque. Você pode participar aqui.

Esse é um produto único e comemorativo, que terá uma tiragem limitada e não será reimpresso! Ele é uma celebração dos quatro anos do retorno da revista em formato digital, quando a edição digital 112 foi publicada em Novembro de 2016, sob o comando de ninguém menos do que o Incrível Dr. Careca, JM Trevisan.

Dragão Brasil? Aquela revista de banca?

Isso mesmo! A DB nasceu em 1994, como um projeto de Marcelo Cassaro, na época editor das revistas Gamers e Progames. Ele queria fazer um projeto de RPG totalmente nacional, em resposta à publicação traduzida da Dragon Magazine, onde já trabalhava Rogerio Saladino. Mais tarde, Trevisan se juntou à equipe que viria a ser conhecida como “Trio Tormenta”.

A Dragão Brasil teve mais de cem edições até ser descontinuada no início de 2007, e levou a praticamente todo território brasileiro matérias e adaptações de RPG, contos de fantasia, ficção científica, histórias em quadrinhos e claro — nosso amado cenário Tormenta, que nasceu nas páginas da edição nº50.

Depois de seu retorno triunfal no formato digital, em que conta com mais de 2500 assinantes, achávamos que estava na hora de sentir novamente o gostinho (ou cheirinho?) da impressão em papel, para honrar o passado glorioso e o futuro promissor da mais importante publicação nacional de RPG.    

Quais matérias serão publicadas?

Essa é a parte mais legal:  o Almanaque será uma curadoria das melhores matérias da edição 112 até a edição 150, feita por nossos estimados Conselheiros. Foram oito votações no grupo dos conselheiros para definir as matérias que entrarão na publicação impressa. Além disso, Almanaque trará uma matéria de capa inédita e exclusiva sobre a Grande Guerra Artoniana, além de algumas surpresas que vamos revelar só no final da campanha de vendas.

Eu quero! Como consigo o meu?

Você pode adquirir seu Almanaque Dragão Brasil fazendo um apoio turbinado no site da revista e aproveitar para já garantir as edições de Novembro e Dezembro — que será lançada dia 30/12.Mas, corra! A campanha do Almanaque se encerra dia 31/12 às 23h59, e não estará mais disponível depois disso! Vai ficar de fora dessa aventura épica?